13 Dez.

Comemoração do Dia Europeu das Línguas

Em 2001 celebrou-se pela primeira vez o Ano Europeu das Línguas (AEL), por iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, visando celebrar a diversidade linguística como uma riqueza do património comum da Europa a preservar. Foi ainda objetivo de AEL-2001 promover o multilinguismo e motivar os cidadãos europeus para a aprendizagem de línguas. Foi, então, instituído o Dia Europeu das Línguas (DEL), que se celebra todos os anos no dia 26 de setembro. As competências linguísticas são essenciais para garantir a equidade e a integração. Na atual conjuntura de crescente mobilidade, globalização da economia e tendências económicas em constante mudança, é mais óbvia do que nunca a necessidade de aprender línguas e desenvolver uma competência plurilingue e intercultural.

   Tendo em mente os seguintes objetivos: sensibilizar a comunidade educativa para a diversidade linguística e cultural; reconhecer a importância da aprendizagem de outras línguas para a sua formação pessoal e profissional; conhecer e partilhar vivências, tradições e outras culturas e sensibilizar para a importância da formação ao longo da vida, o departamento de Línguas dinamizou um intercâmbio entre os alunos do programa ERASMUS da Universidade da Madeira (UMa) e os alunos do 12.º3 e 12.º4 da nossa Escola.

   Assim, no dia 18 de novembro, recebemos um grupo de alunos do programa Erasmus (de nacionalidade russa, venezuelana e paquistanesa) e visitamos o centro de Câmara de Lobos, a empresa Henriques & Henriques Vinhos, SA e o Cabo Girão. Durante esta visita, os alunos do 12.º4 ofereceram uma brochura sobre Câmara de Lobos, elaborada pelos mesmos, com a preciosa ajuda da professora Sónia Gouveia. Após este passeio, estes alunos tiveram a oportunidade de conhecer a nossa Escola e saborear algumas iguarias típicas da Madeira.

   No dia 12 de dezembro, foi a vez dos nossos alunos visitarem o Edifício da Reitoria da UMa (no Colégio dos Jesuítas) na Rua dos Ferreiros, cidade do Funchal. Após uma visita guiada, muito elucidativa, ao Colégio dos Jesuítas, os nossos alunos tiveram a oportunidade de degustar algumas iguarias típicas da Venezuela, Peru, França, Itália e Rússia. No fim, os nossos alunos ofereceram um “calhau” idealizado e minuciosamente decorado pela professora Catarina Marques, diretora de turma do 12.º4.   

   Foi uma experiência única e a repetir! 

   Mais palavras para quê?... Quando as imagens dizem tudo…